MST ocupa fazenda do Banco do Brasil na BA

Discretamente, enquanto o PT baiano ainda comemora a eleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocupou uma fazenda de 400 hectares do Banco do Brasil (BB) às margens do Rio São Francisco, entre Juazeiro e Sobradinho, a mais de 500 quilômetros de Salvador.Essa é a primeira ação do MST baiano depois da eleição de Lula. Embora a invasão das 70 famílias tenha se efetivado na semana passada, somente nesta terça-feira a notícia foi confirmada em Salvador, onde o coordenador regional do movimento, Walmir Assunção, disse que a ocupação não quebra um eventual acordo comLula."Não fizemos nenhum tipo de acordo nesse sentido, mas é importante dizer que o governo Lula não é nosso inimigo, nosso inimigo é o latifúndio improdutivo."Assunção assinalou que o fato de o PT chegar àPresidência da República não determina o fim dos movimentos sociais e sindicatos no Brasil. "Ao contrário, vamos lutar é pelo fortalecimento do governo", argumentou, garantindo que oMST invadirá no momento certo as terras que estiverem abandonadas e improdutivas."Esse terreno do Banco do Brasil, por exemplo, nós vimos que era fértil, estava abandonado e decidimos ocupar", afirmou, acrescentando que o MST não tem a disposição de iniciar uma grande ação de invasão dos latifúndios a partir daposse de Lula."Temos a certeza que ele vai dar uma grandeagilizada nos processos de desapropriação de terras para a reforma agrária", disse, prometendo que o MST baiano não tomará a iniciativa de entrar em conflito com fazendeiros e policiaisem eventuais disputas de terra.Durval Sebastião, liderança do MST de Juazeiro, informou que, desde abril, a entidade havia pedido a vistoria para desapropriação da fazenda do BB ao escritório regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Salvador, sem obter resposta positiva e, por essa razão, decidiu invadir.Atualmente, existem três áreas ocupadas pelo MST na região de Juazeiro. Além da fazenda do BB, mais 180 famílias estão na Fazenda Sobrado, de 5,3 hectares, situada em Remanso, e outras 30 famílias na Fazenda Estrela, de 146 hectares, emJuazeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.