MST ocupa fazenda de prefeita de Glória de Goitá

O Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) coordenou neste domingo a ocupação da Fazenda Boa Esperança, de 480 hectares, em Glória do Goitá, na zona da mata de Pernambuco. A propriedade, de acordo com o movimento, pertence à prefeita do município, Fernanda Paes (PSB). A ocupação tem o objetivo de pressionar o Incra para vistoriar outros três imóveis da prefeita - Fazendas Canavieira, de 780 hectares, Jaboticabal, de 1,2 mil hectares, e Cavalcanti, de 900 hectares - além da Fazenda Berra Boi, de 1,8 mil hectares, de propriedade do empresário do setor imobiliário Paulo Miranda. As informações são de Eduardo da Rocha, dirigente da microrregional, que calculou em 100 famílias o número de participantes da ocupação. Ele afirmou que todas as áreas são improdutivas, inclusive a Boa Esperança, onde eles iniciaram a instalação de um acampamento. O MST realizou 37 ocupações e reocupações neste ano em Pernambuco. O número de acampamentos no Estado é de 186, segundo Eduardo da Rocha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.