MST matém invasões no País para marcar a 'Jornada de Lutas'

Movimento também segue com ocupações na fazenda de Daniel Dantas e em sedes do Incra em cinco capitais

Agência Brasil,

29 Julho 2008 | 18h29

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam nesta terça-feira, 29, o escritório do Incra na cidade de Itapeva, no interior de São Paulo. A ação faz parte da Jornada de Lutas por Reforma Agrária, realizada para assinalar o Dia do Trabalhador Rural, comemorado no último dia 25.   Veja também: MST faz ato em PE contra 'criminalização' do movimento Após invasão em 7 Estados, MST ocupa sede do Incra no Pontal   Além da ocupação no interior de São Paulo, trabalhadores rurais continuam mobilizados na Superintendência da Incra em Brasília e nas unidades da capital paulista, de Porto Alegre, Curitiba e Fortaleza. Também prossegue a ocupação da fazenda Maria Bonita, do Grupo Opportunity, do banqueiro Daniel Dantas.   Também estão em andamento duas marchas de sem-terra na Região Sul. Uma chegou nesta terça a Florianópolis, onde os agricultores montaram acampamento na Assembléia Legislativa. A outra está em marcha pelo Sudoeste do Paraná desde o dia 14 e nesta terça está no município de Francisco Beltrão.   De acordo com o Incra, desde o início das manifestações, somente a Superintendência de Mato Grosso foi desocupada. Como as reivindicações são individualizadas, de acordo com cada mobilização, a assessoria do órgão informou que as negociações para a desocupação dos prédios também está sendo feita em cada Estado separadamente.

Mais conteúdo sobre:
MST Incra Jornada de Lutas reforma agrária

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.