MST invade pela segunda vez fazenda do Unibanco

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) voltou a invadir hoje em Taubaté, no Vale do Paraíba. A fazenda Santa Terezinha - com cerca de 104 alqueires - de onde as 150 famílias saíram no último domingo, foi novamente invadida. Por volta das 6 horas, cerca de 25 mulheres e trinta crianças enfrentaram o frio da manhã e em um caminhão conseguido emprestado pelo movimento levaram novamente todos os pertences para a fazenda, já tão conhecida pelo grupo. No local, os sem-terra passaram os últimos oito meses e chegaram a plantar feijão e mandioca. Chegaram também a propor ao Unibanco o arrendamento de parte da terra, até que fosse definida um assentamento para as famílias. Tiveram o arrendamento negado e decidiram iniciar uma marcha contra o latifúndio. Segundo a assessoria de imprensa do Unibanco, a instituição não tem propriedade da terra para aceitar o arrendamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.