MST invade fazenda no sertão de Alagoas

Aproximadamente 180 famílias ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) ocuparam na manhã de hoje a fazenda Cavalinho, no município de São Braz, a 180 quilômetros de Maceió (AL). Os trabalhadores rurais cercaram o gado e armaram acampamento na fazenda, que há seis anos eles vem tentando desapropriar. Nesse período, os sem-terra já foram despejados 14 vezes da Cavalinho.A assessoria de imprensa do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Alagoas informou que as lideranças do MST se precipitaram, porque estava agendada uma reunião para esta sexta feira, no povoado de Lagoa Comprida, para discutir a situação da fazenda Cavalinho, que não consta nos arquivos do Instituto como propriedade improdutiva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.