MST invade fazenda no Pontal e ateiam fogo em plantação

Cerca de 300 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) invadiram neste sábado a fazenda São Domingos, no Pontal do Paranapanema, extremo oeste do Estado de São Paulo. O grupo ateou fogo numa plantação que havia no local. O proprietário da área, Manoel Domingos Paes Neto, estava trabalhando quando os sem-terra entraram na fazenda depois de cortar a cerca. Segundo ele, os militantes disseram que estavam ocupando as terras em protesto contra o agronegócio. "Eles tinham a informação de que eu estava plantando cana-de-açúcar, mas na verdade eu semeava milho". AmeaçaPaes Neto nada pôde fazer para conter os invasores. Segundo ele, os sem-terra ameaçaram os funcionários. A fazenda São Domingos é disputada pelo MST desde a década de 90 e já foi invadida mais de 15 vezes. No começo da tarde o proprietário entrou em contato com a Polícia Militar para informar que uma plantação de crotalária, gramínea usada como adubo verde, estava sendo incendiada pelos sem-terra. A reportagem entrou em contato por telefone com a Coordenação Regional do MST, mas não obteve retorno.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.