MST invade fazenda de Jose Janene no Paraná

Cerca de 700 integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) invadiram, nesta sexta-feira, 15, a fazenda 3 Jota, de propriedade de Stael Fernanda, mulher do deputado federal licenciado José Janene (PP-PR), que fica no distrito de Guaravera, em Londrina, no norte do Paraná.De acordo com o MST, o objetivo é "denunciar a corrupção de políticos que usam o dinheiro público para acumular patrimônio, principalmente em fazendas". A propriedade tem 192 hectares e possui cerca de 2 mil ovelhas. "Queremos fazer essa denúncia", justificou o líder do MST na região, José Damasceno.Entre as justificativas do movimento para a invasão estão reportagens que mostrariam que Janene, antes de se eleger deputado, em 2002, teria declarado à Receita Federal que suas empresas tiveram rendimento zero. No entanto, entre 2003 e 2004, ele e sua mulher tornaram-se proprietários de várias fazendas, além de imóveis e veículos. Os bens da mulher do deputado e de dois assessores estão bloqueados por ordem da Justiça Federal.Investigações da Polícia Federal revelaram indícios de movimentação financeira incompatível com a renda que eles teriam.O MST está pedindo que as fazendas sejam destinadas à reforma agrária, que o mandato seja cassado e que o dinheiro supostamente conseguido de forma ilícita seja devolvido. Janene é um dos acusados de se beneficiar do chamado Mensalão. Seu assessor João Cláudio Genu teria sacado R$ 4,1 milhões das contas do publicitário Marcos Valério. O processo está no Conselho de Ética.Em licença médica desde setembro de 2005, o deputado tentou se aposentar por invalidez, mas o pedido foi rejeitado pelo Supremo Tribunal Federal.O advogado da família, Adolfo Góis, protocolou pedido de reintegração de posse. "Esses baderneiros estão fazendo o que rotineiramente fazem pelo Brasil, que é saquear, roubar e depredar", revoltou-se. Ele disse que uma preocupação é com a alimentação do rebanho. "Esse pessoal é selvagem", afirmou. Damasceno garantiu que não estão impedindo a entrada de funcionários que queiram fazer esse serviço, mas disse que a alimentação do rebanho está sendo dada pelos sem-terra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.