MST invade fazenda de Daniel Dantas no Pará

Cerca de mil agricultores ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) invadiram esta manhã em Eldorado dos Carajás, no Pará, a fazenda Maria Bonita, que pertence à Agropecuária Santa Bárbara, do Grupo Opportunity, de Daniel Dantas. Segundo o coordenador estadual do MST, Charles Trocate, a invasão foi um "protesto contra a corrupção do grupo desse banqueiro na região". A Polícia Militar foi chamada por um gerente da fazenda, mas informou que só por intermédio de ação de reintegração de posse poderá retirar os invasores. Com foices e enxadas, os invasores começaram a armar barracas dentro da fazenda e avisaram que pretendem permanecer no local. A Agropecuária Santa Bárbara deve ingressar até o final da tarde com pedido de reintegração de posse na Vara Agrária de Marabá. Dantas foi preso duas vezes há quinze dias pela Polícia Federal na Operação Satiagraha - que investiga desvio de verbas públicas, evasão de divisas e lavagem de capital -, e solto por habeas-corpus concedido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes. A fazenda foi vendida ao grupo pelo pecuarista paraense Benedito Mutran Filho, que vendeu a Dantas também as fazendas Cedro e Espírito Santo. Juntas, as três fazendas possuem mais de 100 mil cabeças de gado. Nesta semana, por ordem da governadora Ana Júlia Carepa (PT), o Instituto de Terras do Pará (Iterpa) iniciou um levantamento para identificar o real montante de terras adquiridas no Estado pelo grupo Opportunity. O objetivo é verificar a suspeita de que as terras seriam públicas.

CARLOS MENDES, Agencia Estado

25 Julho 2008 | 12h02

Mais conteúdo sobre:
Operação Satiagraha MST Daniel Dantas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.