MST invade escritório do Incra em Itapeva

Grupo chegou em dois ônibus provenientes das agrovilas da fazenda Pirituba, na zona rural do município

José Maria Tomazela, de O Estado de S.Paulo

28 Julho 2008 | 20h25

Cerca de 100 integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) invadiram nesta segunda-feira, 28,  o escritório regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Itapeva, no sudoeste de São Paulo. O grupo chegou em dois ônibus provenientes das agrovilas da fazenda Pirituba, na zona rural do município.  A invasão foi reforçada por sem-terra acampados em Buri e Itaberá, cidades da região. A ação, como parte da jornada nacional de lutas do movimento, visava a cobrar novos assentamentos para as famílias que estão acampadas no Estado. Durante o dia, o atendimento no escritório ficou interrompido. Os sem-terra deixaram o local no final da tarde, depois de uma reunião com representantes do Incra.

Mais conteúdo sobre:
MST

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.