MST invade área em Sandovalina

Cerca de 150 militantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) invadiram ontem a Fazenda Santa Fé, em Sandovalina, no oeste do Estado. Eles exigem que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) providencie o assentamento das famílias no Pontal do Paranapanema. "Setenta por cento das terras do Pontal são devolutas e o governo do Estado não tem política de reforma agrária", disse o coordenador do MST Sérgio Pantaleão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.