MST invade área de hidrelétrica em Taquaruçu-SP

Duzentos integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) invadiram hoje uma área da Usina Hidrelétrica de Taquaruçu (SP). A empresa Duke Energy, que administra a usina, entraria ainda hoje com ação de reintegração de posse. É a terceira invasão oficial protagonizada pelo MST no Estado e a 41ª propriedade rural invadida durante o "abril vermelho" no Estado. As outras 38 foram ações coordenadas pelo líder dissidente, José Rainha Júnior.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

15 Abril 2011 | 19h09

A área invadida fica na divisa da fazenda São Domingos, um antigo alvo do MST. Durante uma invasão, em 1997, houve confronto com empregados da fazenda e 11 sem-terra foram feridos à bala. O coordenador estadual Ricardo Barbosa disse que as ações vão continuar. "Há milhares de hectares de terras devolutas à espera de ações do governo para assentar as famílias que estão em acampamentos".

O MST ocupou ainda, com 70 famílias, na madrugada de hoje, a fazenda Santa Cecília, em Araçatuba. Também foi invadida por 120 integrantes a fazenda Maria Ofélia, em Pereira Barreto. As ações marcam também o 15º aniversário do massacre de Eldorado dos Carajás, quando 19 sem-terra foram mortos pela Polícia Militar, no sul do Pará.

Mais conteúdo sobre:
invasãoterraMSTSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.