MST invade 10 fazendas no Pontal do Paranapanema

Integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) invadiram 10 fazendas na madrugada de hoje (17) no Pontal do Paranapanema, extremo oeste do Estado de São Paulo.A ação, do grupo ligado ao líder José Rainha Júnior, serviu para marcar os 10 anos do massacre de sem-terra, em Eldorado dos Carajás (PA). Foram mobilizados mais de mil militantes na ação que eles chamaram de "uma ocupação para cada ano de impunidade".Os sem-terra programaram uma série de protestos em todo o País para lembrar o caso. Hoje, no local do massacre, a Curva do S, na Rodovia PA-150, entre Eldorado dos Carajás e Marabá, no sul do Pará, será realizado um ato de protesto para o qual são aguardadas pelo menos dez mil pessoas, segundo a direção estadual do MST. O secretário especial de Direitos Humanos, Paulo Vanucchi, deverá participar da manifestação, representando o governo federal.Além de Eldorado dos Carajás, estão previstas manifestações de protesto contra o Judiciário em várias capitais, entre elas Belém, Brasília, São Paulo, Salvador e Rio de Janeiro.Os manifestantes vão pedir punição para os responsáveis pelo massacre, já que, decorridos dez anos, ainda não existe nenhuma sentença definitiva sobre o caso e nenhum dos acusados se encontra preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.