MST inicia invasões na Bahia

O Movimento dos Sem-Terra (MST) começou a cumprir a promessa de invadir propriedades supostamente improdutivas no Estado em abril: a Fazenda Caravelas I, situada no município de Guaratinga, no extremo-sul baiano (810 quilômetros de Salvador) foi invadida por 150 famílias na noite de ontem. Não houve reação dos proprietários. A fazenda tem 1.200 hectares e estaria sem uso há anos de acordo com o MST.Conforme Valmir Assunção, um dos coordenadores estaduais do movimento, outras dez fazendas devem ser invadidas pelo militantes da entidade "pacificamente" até o dia 17. Além disso, os líderes estão planejando uma super-ocupação para acomodar três mil famílias. Há pelo menos 35 mil famílias em 114 acampamentos provisórios dos sem-terra no Estado, prontas para atender as lideranças do movimento. Na próxima semana os trabalhadores pretendem entregar uma pauta de reivindicações ao governador Paulo Souto (PFL) reivindicando sementes e assistência técnica para os assentados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.