MST faz mega invasão de fazendas no Pontal

Quatro foram ocupadas domingo e mais 10 serão invadidas nesta segunda-feira

Sandro Villar, de O Estado de S.Paulo

03 de fevereiro de 2008 | 20h47

O MST faz uma mega invasão de fazendas no Pontal do Paranapanema e anuncia a ocupação de 14 propriedades. No domingo, os sem-terra invadiram quatro fazendas e prometem invadir mais 10 na segunda-feira. "A segunda-feira vai amanhecer com 14 fazendas invadidas, no domingo já ocupamos quatro", diz, com exclusividade ao Estado, Sérgio Pantaleão, um dos coordenadores do movimento no Pontal do Paranapanema. As áreas invadidas no domingo são a Fazenda Iara, de 550 hectares, em Euclides da Cunha Paulista, ocupada por 120 famílias; a Fazenda Boa Esperança, em Martinópolis, onde estão 40 famílias; a Fazenda Guarani, em Presidente Bernardes, de 461 alqueires e onde estão 60 famílias, e a Fazenda Santa Lurdes, no município de Flora Rica (Alta Paulista), ocupada por 80 famílias (a Santa Lurdes tem 790 hectares). Segundo a Polícia Militar, não houve violência nas quatro fazendas invadidas, mas o dono da Fazenda Boa Esperança, Luiz Egídio Constantino, chegou a ser impedido de deixar a propriedade. Os ocupantes da Fazenda Iara destruíram 100 metros de cerca e montaram oito barracos. Os proprietários registraram um boletim de ocorrência e, agora, esperam o despejo dos invasores.  "Se não houver o despejo, na segunda-feira entro com ação de reintegração de posse", diz o advogado Rodrigo Macedo, um dos donos da área. Se a mega invasão se concretizar na segunda-feira, como confirmou Pantaleão, serão 15 as fazendas invadidas pelo MST este ano na região.

Tudo o que sabemos sobre:
MST

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.