MST faz mais cinco ocupações de terra em PE

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) ocupou mais cinco propriedades em Pernambuco, totalizando seis áreas invadidas na atual Jornada Nacional de Lutas por Reforma Agrária - o Abril Vermelho.

ANGELA LACERDA, Agência Estado

16 de abril de 2012 | 13h40

De acordo com a coordenação regional, além da fazenda Serra Grande, no município de Gravatá, no agreste, ocorrida no sábado (14), as ocupações ocorreram, até a madrugada desta segunda, em fazendas do sertão e do agreste - Garrote Bravo, em Ibimirim, Fruit Vita, em Petrolina, Cedro, em Ipubi e Amargoso, em Bom Conselho, e Condado, em São Bento do Uma.

O movimento alega que as áreas são improdutivas. De acordo com um dos seus dirigentes, Florisvaldo Alves, dos 1,3 mil hectares da fazenda Fruit Vita, a fazenda ocupa apenas 200 hectares para produção de manga irrigada para exportação.

Tudo o que sabemos sobre:
MSTAbril VermelhoPernambuco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.