MST entrega 16 reivindicações a Lula

Os líderes do MST que estão reunidos com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentaram um documento com 16 reivindicações ao governo. Entre essas reivindicações, estão o assentamento imediato de 120 mil famílias que estariam acampadas pelo País, um plano para assentar mais um milhão de famílias até 2006, a manutenção do ITR como imposto complementar da reforma agrária vinculado à Receita Federal e a desapropriação de fazendas onde se registrou trabalho escravo e plantio de drogas ilegais. No documento entregue ao presidente, a liderança do MST manifesta posição contrária à liberação do plantio e venda de produtos transgênicos e à implantação da Alca. Os líderes pedem também abertura de inquérito pela Polícia Federal contra fazendeiros que utilizam milícias armadas e a aprovação de uma proposta de emenda constitucional que transfira para a esfera federal a competência para investigar crimes contra os direitos humanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.