MST diz que até dia 17 vai fechar Carajás

O Movimento dos Sem-Terra anunciou ontem que não desistirá de fechar a ferrovia de Carajás (PA), mesmo correndo o risco de enfrentar os 500 homens da Polícia Militar, de prontidão em Parauapebas. O MST pretende mobilizar 4 mil pessoas para, até o dia 17, bloquear a ferrovia para lembrar os 12 anos da morte de 19 sem-terra em Eldorado dos Carajás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.