MST desocupa uma fazenda e invade outra

As 600 famílias do MST que ocupavam a Estância Paraíso, em Alegrete (490 km de Porto Alegre, na região da Fronteira-Oeste), deixaram a área, conforme prometeu a coordenação do movimento, mas invadiram outra, a Fazenda Santo Antônio, também em Alegrete. Nas demais áreas ocupadas pelos membros do MST desde segunda-feira, a retirada dos agricultores foi tranqüila. Em Tupanciretã, 420 km da capital gaúcha, as 400 famílias acampadas na fazenda Estância Grande prometem sair em 48 horas. Já em Arroio dos Ratos, a retirada foi feita no final da tarde de ontem. Os únicos locais que continuam ocupados são a Fazenda Rio Bonito, em Pontão (325 km da capital, na Região de Cima da Serra), propriedade que teve três dos seus 1.156 hectares considerados improdutivos, e a Fazenda Três Pinheiros, em Sananduva (340 km da capital gaúcha), onde o grupo de 200 famílias ganhou dez dias de prazo da Justiça para deixar a área.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.