MST desmonta acampamento em frente à fazenda de embaixador

O Movimento dos Sem-Terra decidiu hoje desmontar acampamento que estava armado em frente à fazenda Renascença, de propriedade do embaixador do Brasil em Roma, Paulo de Tarso Flecha de Lima. Após 12 dias de acampamento, eles retornarão para seus respectivos assentamentos.Segundo um dos coordenadores do Movimento, Gilmar Mauro, o Incra prometeu reabrir a negociação na próxima semana. Os sem-terra marcaram uma assembléia no próximo dia 17 no município de Buritis para fazer uma avaliação das negociações. Neste mesmo dia, eles farão uma marcha a pé do centro da cidade à fazenda Córrego da Ponte, de propriedade da família do presidente Fernando Henrique Cardoso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.