Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

MST deixa pedágio após Requião prometer intervenção

O governador do Paraná, Roberto Requião (PMDB), anunciou nesta quarta-feira que vai decretar a intervenção no sistema de concessão de pedágio no Estado. "Me antecipo à encampação, pois em um primeiro momento a intervenção é importante para a defesa da ordem e do patrimônio", afirmou. Logo após o anúncio, os integrantes do MST e da União Brasil Caminhoneiro que invadiram 11 das 26 praças de pedágio no Estado começaram a deixar os locais.O diretor regional da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias, João Chiminazzo Neto, que representa seis concessionárias no Estado, disse que há previsão da intervenção desde que as empresas deixem de prestar os serviços. "E nós temos declaração da direção do Departamento de Estradas e Rodagem, na CPI do Pedágio, dizendo que estamos cumprindo tudo o que está previsto", afirmou.O governador também declarou apoio a um projeto de lei que prevê proibição de plantio e comercialização de produtos transgênicos no Estado. Esse era outro pedido que o MST tinha feito para deixar as praças de pedágio. O coordenador estadual do MST, José Damasceno, disse que o movimento de ocupação dos pedágios foi "um sucesso e os objetivos conseguidos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.