MST da Base invade fazenda do radialista Zé Béttio

Cerca de 100 integrantes do MST da Base, dissidência do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) que atua no oeste paulista, invadiram na madrugada deste domingo a Fazenda Leonilda, em Rinópolis. A propriedade pertence à família do radialista José Béttio, mais conhecido como Zé Béttio, e já havia sido invadida pelo mesmo grupo em abril do ano passado.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

08 de abril de 2012 | 17h08

Os sem-terra cortaram uma cerca para entrar na área e no início da tarde já tinham instalado um acampamento no local. Policiais militares estiveram na fazenda para constatar a invasão. De acordo com a PM, não houve confronto entre os invasores e funcionários da fazenda.

O administrador da propriedade esteve na Delegacia de Polícia para registrar a invasão e, segundo ele, um advogado deve entrar segunda-feira com pedido de reintegração de posse na Justiça. É a primeira ação do MST da Base depois que o principal líder do movimento, José Rainha Júnior, deixou a prisão no dia 20 de março.

Acusado de desviar recursos da reforma agrária, Rainha Júnior ficou preso durante nove meses, até ser solto por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele alega inocência e, segundo outros líderes, não se envolveu na ação deste domingo. Eles disseram que a invasão seria em apoio ao "abril vermelho", a mobilização anual do MST para lembrar a morte de 19 agricultores pela polícia militar em Eldorado dos Carajás (PA), em abril de 1996. O MST, porém, não reconhece a atuação do grupo dissidente.

Tudo o que sabemos sobre:
MSTinvasãoZé Bétio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.