Antonio Lacerda/EFE
Antonio Lacerda/EFE

MST convoca Lula a resgatar 'sindicalista de São Bernardo', e ir às ruas

'O povo brasileiro está pedindo que você recupere o velho Lula', disse o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra

Fernanda Nunes, Idiana Tomazelli e Mariana Sallowicz, O Estado de S. Paulo

24 Fevereiro 2015 | 20h36

Rio - O líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST), João Pedro Stédile, pediu nesta noite que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva volte às ruas ao lado dos militantes e dos sindicalistas. O pedido foi feito durante ato da Central Única de Trabalhadores (CUT) e da Federação Única dos Petroleiros (FUP) em defesa da Petrobrás, no Rio. 

"Lula é o principal líder popular que produzimos nos últimos 20 anos. Lula, esquece o Instituto. Vem para as ruas. O povo brasileiro está pedindo que você recupere o velho Lula de São Bernardo", clamou Stédile, dirigindo-se ao ex-presidente petista, que sorriu e o cumprimentou.

"Precisamos defender a Petrobrás não só porque é empresa pública, mas porque é zeladora constitucional da maior riqueza natural que o povo brasileiro tem, que é o petróleo e o gás", disse Stédile. 

"Ganhamos as eleições nas urnas, nos derrotaram no Congresso e na mídia. Só temos uma forma de derrotá-los agora: é nas ruas."

O líder do MST ainda defendeu a realização de uma reforma política imediata e de um plebiscito para nova Assembleia Constituinte. "Se não formos para a rua, a burguesia virá contra nós. É o que estão fazendo na Venezuela. Queremos apresentar nossa solidariedade ao povo na Venezuela", disse Stédile. 

Mais conteúdo sobre:
operação lava jato MST Petrobrás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.