MST bloqueia estradas por 21 minutos no RS

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) bloqueou pelo menos sete estradas do Rio Grande do Sul para lembrar os mortos do massacre de Eldorado de Carajás nesta terça-feira. Em Eldorado do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre, os manifestantes ocuparam uma praça de pedágio a bloquearam a passagem de veículos. Em Ronda Alta, Trindade do Sul e São Luiz Gonzaga, no noroeste, e Piratini, Candiota e Hulha Negra, no sul, os sem-terra ficaram na pista de rodovias. Todos os protestos tiveram a duração de 21 minutos, para lembrar os 21 sem-terra mortos no massacre de Eldorado de Carajás (PA), há 16 anos.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

17 de abril de 2012 | 18h09

As manifestações se somaram às duas invasões de terra feitas pelo movimento no Estado como parte das mobilizações de abril. Desde segunda-feira cerca de 50 pessoas estão acampadas em uma área da Fazenda Santa Verônica, em Santa Margarida do Sul, no sul do Estado, ao mesmo tempo em que outro grupo, de 300 sem-terra, permanece em terreno do Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro) em Sarandi, no norte do Rio Grande do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
MSTRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.