MST bloqueia estrada e saqueia caminhões Campo Grande

Quase mil homens sem-terra ligados ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra) de Mato Grosso do Sul, saquearam durante a manhã deste sábado dois caminhões que transportavam gêneros alimentícios. Eles interditaram com toras de madeiras nativas, fogueiras de pneus velhos e pedras um trecho da rodovia BR-163, a 16 quilômetros do centro da cidade de Itaquiraí, no extremo sul do Estado, divisa com o Paraguai e apreenderam três caminhões. Um dos veículos, modelo furgão contendo frangos da Sadia, foi liberado e os outros dois tiveram as cargas, na maioria arroz e açúcar, saqueadas.Segundo Valdir de Jesus, que se identificou como líder do MST em Itaquiraí, o bloqueio na BR 163, é apenas uma das manifestações programadas para serem desencadeadas durante este mês em toda a região, onde estão mais de cinco mil famílias acampadas, aguardando inclusão no Programa Nacional de Reforma Agrária. Ele afirmou que haverá novos saques porque não estão recebendo cestas básicas para a alimentação dos acampados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.