Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

MST amplia ocupação em fazenda na Bahia

Centenas de trabalhadores rurais sem-terra continuam chegando diariamente à fazenda da Veracel Celulose nomunicípio baiano de Porto Seguro para consolidar a invasão iniciada no domingo. Os agricultores já derrubaram milhares depés de eucaliptos numa área de 25 hectares para armar as barracas e preparar o terra para o plantio de feijão e milho.O MST acusa a Veracel (que possui milhares de hectares de terras no extremo sul da Bahia usadas no plantio do eucalipto paraa fábrica de celulose), de expulsar o homem do campo. "Eles compraram grandes áreas daqui impedindo o pequeno agricultor tirarda terra seu alimento, obrigando-o a migrar para as cidades", reclamou Oronildo Costa, um dos líderes da ocupação.Mais de duas mil famílias já estão no local mas o MST espera ter quatro mil até o final de semana.Enquanto isso, a direção da Veracel já pediu reintegração de posse na Justiça baiana, alegando que a área é produtiva. Além dafazenda em Porto Seguro, o MST baiano ocupa outra fazenda em Santo Amaro da Purificação, a cerca de 70 quilômetros deSalvador e já anunciou que invadirá outras oito até a próxima semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.