MST agora de olho nas terras de Aloysio Nunes

O MST ameaça invadir uma fazenda da família do ex-secretário-geral da Presidência da República e ex-ministro da Justiça Aloysio Nunes Ferreira, localizada entre os municípios de Sud Mennucci e Guzolândia, na região de Araçatuba. Segundo Rosivaldo de Paula, da direção estadual do MST, a possível invasão deverá ter a participação de famílias que ocupavam a Fazenda Dourado, no município de Pereira Barreto, e que terão de deixá-la depois que a Justiça concedeu reintegração de posse aos proprietários.Durante o dia de hoje, cerca de 250 pessoas se concentraram na praça central de Pereira Barreto, de onde pretendiam marchar até a fazenda da família de Aloysio Nunes. O início da marcha estava previsto para o final da tarde. Rosivaldo de Paula disse que "por enquanto" a intenção dos sem-terra é apenas montar acampamento ao lado da propriedade, "para pressionar o governo federal".Mas outro dirigente do MST, Paulo Costa Albuquerque, que está à frente do grupo, não descartou a idéia de invasão. Conforme Albuquerque, os acampados não aceitam o resultado de uma vistoria realizada pelo Incra na Fazenda Dourado, e que teria atestado que a propriedade é produtiva. "Antes, o próprio Incra havia emitido outro laudo dizendo que as terras eram improdutivas", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.