MPs trancam pauta no Senado e impedem votação da CPMF

Sessão na Casa será deliberativa nesta segunda-feira, após entendimento com líderes da oposição na quinta

Agência Senado

26 de novembro de 2007 | 13h56

Duas medidas provisórias (MP) que estão trancando a pauta do Senado e impedem a votação em primeiro turno da proposta de emenda à Constituição que prorroga até 2011 a cobrança da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), poderão ser votadas na plenária de segunda-feira, 26. A sessão será deliberativa, conforme determinou o presidente interino do Senado, Tião Viana, depois de um entendimento com os líderes da oposição, na quinta-feira.   Caso as MPs sejam votadas, a pauta estará liberada para votação de diversas proposições incluídas na pauta de terça-feira, uma vez que às segundas-feiras as sessões plenárias são não-deliberativas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.