MPs atrasaram envio da CPMF ao Senado, diz funcionário

O secretário-geral da Mesa Diretora da Câmara, Mozart Viana, assumiu hoje a responsabilidade pelo atraso na remessa da proposta de emenda constitucional que prorroga a CPMF até 2004 ao Senado. Embora tenha sido aprovada na Câmara na terça-feira passada, 23 de abril, só hoje chegou ao Senado. Viana atribuiu o atraso ao grande número de medidas provisórias aprovadas na semana passada - vinte - além da votação pelo Congresso Nacional da resolução que disciplina a tramitação das medidas provisórias. Viana ressalva que se tivesse sido enviada na quinta-feira passada, a proposta de emenda constitucional, no entanto, não teria tramitação diferente do que terá, chegando hoje ao Senado. "De uma maneira ou outra a tramitação começaria hoje", afirmou à Agência Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.