MPF encerra etapa de busca por desaparecidos políticos

Termina hoje um levantamento do Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo feito no cemitério Vila Formosa, na zona leste de São Paulo, para localizar os restos mortais de aproximadamente dez desaparecidos políticos. Entre os corpos procurados está o de Virgílio Gomes da Silva, o Jonas. A família dele obteve documentos que apontam o número do terreno em que ele teria sido enterrado no cemitério, em 1969.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

11 de novembro de 2010 | 13h49

Deflagrada no início desta semana, a ação é realizada pelo MPF, Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos (CEMDP), o Instituto Nacional de Criminalística do Departamento de Polícia Federal e o Instituto Médico Legal (IML).

Primeiro é necessário identificar o desenho original de duas quadras no cemitério, pois o local foi totalmente modificado em meados dos anos 70. A exumação de corpos será feita depois desse mapeamento, provavelmente na última semana deste mês. Mais de 450 pessoas foram mortas ou desapareceram durante o período do último regime militar no Brasil (1964-1985).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.