MPE apurará presença de Lula em inauguração de obra em SP

A Coligação Ética e Trabalho (PSDB-PFL-PPS) apresentou, às 18 horas de ontem, representação ao Ministério Público Eleitoral contendo relato dos fatos ocorridos no sábado, dia 18, durante a inauguração do prolongamento da avenida Radial Leste, em São Paulo. Na ocasião, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em discurso, pediu voto para a atual prefeita Marta Suplicy (PT-SP), que é candidata à reeleição. A representação solicita ao MPE que investigue os fatos e alega que houve, por exemplo, abuso de poder administrativo e político. Questiona ainda o fato de o presidente ter utilizado um evento oficial para pedir votos em favor da candidata de seu partido. De acordo com a assessoria da coligação, o relatório de aproximadamente 400 páginas traz documentação fotográfica, vídeos e notícias publicadas pela imprensa no dia. A partir de agora, o Ministério Público Eleitoral irá apurar o caso. Ao final, poderá ou não apresentar denúncias. De acordo com o Ministério Público da União, em seu site oficial, o MPE age junto à Justiça Eleitoral com o objetivo de garantir a verdade eleitoral e a soberania popular por meio do voto. As informações são da Radiobrás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.