MP-RS detecta fraude em financiamentos habitacionais

Uma operação conjunta da Promotoria de Justiça do Rio Grande do Sul com a Polícia Militar (PM) prendeu hoje o vereador João Gaspar dos Santos (PT) e o ex-vereador Clério von Muhlen (PT) como suspeitos de participação em esquema de desvio de dinheiro destinado a projetos de habitação popular em Portão. Também foi preso o empresário José Valdir da Silva por porte ilegal de arma.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

19 de maio de 2011 | 18h57

Segundo nota distribuída pelo Ministério Público Estadual, os fraudadores colocavam comparsas na direção de associações comunitárias e cooperativas habitacionais que recebiam dinheiro para a construção de casas para a população de baixa renda.

As obras ficavam pela metade ou eram concluídas com materiais de segunda linha. Com isso, os acusados teriam se apropriado de R$ 800 mil. A promotoria anunciou que deve denunciar os envolvidos à Justiça por apropriação indébita, falsidade ideológica e associação criminosa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.