MP-PR manda prefeita trocar placas com suas iniciais

A prefeita de Maripá, a 580 quilômetros de Curitiba, no oeste do Paraná, Jacira Quirino Alves (PMDB), terá de trocar as placas de veículos oficiais que traziam as iniciais de seu nome e/ou o número 15, fazendo referência ao seu partido, por outras com identificação aleatória. Os custos dessa troca devem ser cobertos pela própria prefeita. A decisão, em caráter liminar, é da Vara Cível de Palotina, onde tramita ação civil pública em que o Ministério Público Estadual do Paraná pede a condenação por improbidade administrativa.

EVANDRO FADEL, Agência Estado

23 de fevereiro de 2012 | 17h36

Na ação, o MPE afirma que, entre os anos 2009 e 2011, a prefeitura adquiriu 11 veículos para diversas secretarias e para o gabinete de Jacira Quirino Alves. Desses, oito tiveram reserva de placa, sendo utilizadas as letras AKJ ou AJQ, com o objetivo de lembrar o nome da prefeita. De acordo com o MPE, a população interpretava como Administração Jacira Quirino. Em cinco veículos, ela colocou o número 15, que tinha sido utilizado durante a campanha.

Em nota, a prefeita disse que seu advogado particular está analisando a situação, mas que ela já toma providências para cumprir a determinação judicial. Ela alegou que essa é uma prática comum em vários municípios. "Quando vi as placas, inicialmente pensei que não haveria problemas, porque o carro oficial, comprado pela administração anterior, foi emplacado com as iniciais do nome do ex-prefeito e o número do seu partido", disse. "Restará comprovado nos autos da ação civil pública que tais placas nunca foram usadas para fazer promoção pessoal da minha pessoa ou administração."

Tudo o que sabemos sobre:
prefeitaplacasPRJustiça

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.