MP pedirá indenização para trabalhadores da fazenda de Inocêncio

O chefe do Ministério Público do Trabalho, Guilherme Basso, informou nesta segunda-feira que procuradores do Maranhão encaminharão nesta semana à Justiça do Estado uma ação coletiva de indenização em nome de trabalhadores da fazenda Caraíbas, de propriedade do deputado federal Inocêncio Oliveira. O valor da indenização a ser pedida à Justiça está sendo discutido pelos procuradores do Maranhão. Mas Basso sugeriu que seja requisitado R$ 1 mil por dia trabalhado pelos 58 ex-funcionários da Caraíbas, ?para reparar, em parte, a humilhação sofrida?.Basso negou que a investigação tinha o objetivo de atingir o deputado federal. Segundo ele, no início, não se sabia quem era o dono da fazenda. Sobre eventuais ações penais contra Inocêncio Oliveira, Basso informou que a decisão caberá ao procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, que é o responsável por processar parlamentares. Brindeiro deverá receber dados sobre o episódio até o final desta semana, segundo o procurador do Trabalho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.