MP pede investigação sobre fraude no Detran-RS

Procurador quer apuração do presidente do TC do Estado, na fraude que desviou R$ 44 milhões

ELDER OGLIARI, Agencia Estado

08 de agosto de 2008 | 13h39

O Ministério Público Estadual do Rio Grande do Sul (MPE/RS) encaminhou duas representações ao procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, pedindo a apuração da participação do deputado federal José Otávio Germano (PP) e do presidente do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, João Luiz Vargas, na fraude que desviou R$ 44 milhões do Departamento Estadual do Trânsito (Detran/RS). A informação foi divulgada hoje pelo procurador-geral de Justiça do Estado, Mauro Renner. O MPE/RS formou convicção de que há indicativos de participação dos dois no escândalo depois de examinar documentos, contratos e interceptações telefônica feitas pela Polícia Federal na Operação Rodin.

Tudo o que sabemos sobre:
YedaDetraninvestigação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.