MP pede cassação de prefeito por aceitar presente

O Ministério Público Estadual (MPE) pediu a cassação do mandato do prefeito de São José do Rio Preto (SP), Valdomiro Lopes (PSB), por ter aceitado viajar num jatinho particular oferecido pelo empresário Ricardo Valadares Gontijo, dono da empreiteira Direcional, uma das maiores beneficiadas pelos financiamentos do Programa Minha Casa, Minha Vida.

CHICO SIQUEIRA, Agência Estado

08 de março de 2013 | 19h17

No dia 13 de janeiro de 2010, Gontijo deixou Belo Horizonte para buscar Lopes que estava em Brasília. Da capital federal, Gontijo foi a Rio Preto conhecer áreas para a possível construção de loteamentos populares. Junto com Lopes, viajaram o então procurador do município Luís Tavolaro e o lobista Alcides Fernandes Barbosa, ambos envolvidos no escândalo da máfia da inspeção veicular no Rio Grande do Norte. A viagem se tornou pública no ano passado, após Barbosa brigar com o prefeito, que admitiu ter feito a viagem.

Na conclusão do inquérito, o MP pede à Justiça que Lopes seja condenado por improbidade administrativa, com a perda do mandato e suspensão dos direitos políticos. O promotor Sérgio Clementino também pede que os três paguem multa de R$ 39,9 mil cada um por terem recebido a viagem de ''presente'' do empreiteiro, "que tinha interesses empresariais que seriam atingidos pelas ações dos agentes públicos, mormente o prefeito". Segundo o promotor, ao aceitar o ''presente'', Lopes e Tavolaro se enriqueceram ilicitamente. "Não se tratou de mera viagem corriqueira, mas sim de presente de alto custo que beneficiou indevidamente os agentes públicos", disse.Valdomiro perguntado sobre a acusação, disse que "tudo que fez foi legal, e não tem nada a temer".

Além deste inquérito, Valdomiro responde a outros quatro inquéritos em que é acusado de receber propinas ou beneficiar ilegalmente empresários com contratos com a Prefeitura.

Tudo o que sabemos sobre:
MPcassaçãoprefeito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.