André Lessa/AE
André Lessa/AE

MP pede aprovação de candidaturas de Serra e Russomanno

Resgistros dos dois candidatos eram contestados na Justiça Eleitoral

Bruno Boghossian, de O Estado de S. Paulo,

29 de julho de 2012 | 18h49

SÃO PAULO - O Ministério Público Eleitoral de São Paulo pediu a aprovação das candidaturas de José Serra (PSDB) e Celso Russomanno (PRB) na disputa pela Prefeitura da capital paulista. Os registros eram contestados na Justiça Eleitoral pelo promotor Roberto Senise Lisboa, que alegava que a documentação dos dois candidatos estava incompleta.

Veja também:

link Russomanno chora e pede votos em missa-comício na zona sul de SP

A contestação à candidatura de Serra foi retirada pela promotoria, que reavaliou a documentação do tucano e alegou que "o candidato preencheu todos os requisitos necessários para a disputa". Há cerca de duas semanas, o Ministério Público questionou a falta de certidões criminais sobre um processo movido pelo deputado Ricardo Berzoini (PT) contra Serra.

Segundo o advogado do PSDB, Ricardo Penteado, os documentos haviam sido entregues no prazo e o promotor deu um parecer favorável à candidatura após avaliá-los. Agora, a Justiça Eleitoral vai analisar o pedido de aprovação do registro para emitir uma certidão de regularidade da candidatura.

Já Russomanno recebeu neste domingo, 29, sua certidão registro. No dia anterior, o Ministério Público enviou à Justiça Eleitoral um parecer favorável a sua candidatura, retirando contestações pela falta de pagamento de uma multa de R$ 5 mil por uma condenação em uma eleição anterior.

"O fato é que eu havia pago a multa em julho de 2011. Mas, não sei por qual motivo, o MP decidiu pedir a impugnação. Sempre estive tranquilo porque tinha convicção que nada devia à Justiça Eleitoral. Agora que está tudo esclarecido vamos em frente", escreveu Russomanno em sua página no Twitter. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.