MP do Trabalho investigará acidente na P-36

O Ministério Público do Trabalho da 1ª Região vai instaurar Inquérito Civil Público para investigar as causas do acidente na Plataforma da Petrobrás P-36, a segurança no trabalho na empresa e a terceirização irregular em suas plataformas. A portaria comunicando a decisão do Ministério Público do Trabalho foi publicada hoje no Diário Oficial da União. Presidirão o inquérito os procuradores do Trabalho Cássio Luís Casagrande, Rodrigo Lacerda Carelli e Marcelo José Fernandes da Silva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.