MP denuncia ex-governador de RR por desvio de verba

O deputado federal Neudo Campos (PP-RR), ex-governador de Roraima, responderá ação penal no Supremo Tribunal Federal (STF) por peculato e formação de quadrilha. Ele foi denunciado pelo Ministério Público (MP) como mentor do esquema de desvio de dinheiro público que ficou conhecido como "escândalo dos gafanhotos". O esquema envolveria a contratação de funcionários públicos fantasma, que foram chamados de gafanhotos. O dinheiro repassado a funcionários era, posteriormente, dividido pelo então governador entre os seus afilhados políticos, em especial deputados estaduais e conselheiros do Tribunal de Contas de Roraima.Além do deputado, responderão à ação penal pessoas de confiança do governo, denunciados também por integrarem o esquema. Entre eles estão o então diretor do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Carlos Levischi, e a secretária de Administração, Diva da Silva Briglia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.