MP denuncia Duda Mendonça por maus tratos a animais

O Ministério Público Estadual denunciou (acusou formalmente) o publicitário Duda Mendonça por apologia ao crime, formação de quadrilha e maus tratos a animais. Há um mês e meio, na reta final do segundo turno das eleições municipais, ele foi preso em flagrante pela Polícia Federal enquanto participava de uma rinha de galo clandestina em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio. Na época da prisão, Duda trabalhava na campanha da então candidata do PT à reeleição em São Paulo, Marta Suplicy. A promotora Cristiane da Rocha Correa também denunciou pelos mesmos crimes o vereador Jorge Babu (sem partido) e os quatro sócios do clube. O juiz da 26ª Vara Criminal, Joel Pereira dos Santos, prometeu decidir até amanhã - quando começa o recesso de final de ano do Judiciário - se há elementos para levar os seis denunciados a julgamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.