Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Movimentos sociais não vão assistir à prisão de Lula passivamente, diz Boulos

Pré-candidato à Presidência pelo PSOL convocou militância para se reunir em São Bernardo do Campo

Isadora Peron, O Estado de S.Paulo

05 Abril 2018 | 20h24

BRASÍLIA - Pré-candidato à Presidência pelo PSOL, Guilherme Boulos disse nesta quinta-feira, 5, que os movimentos sociais não vão assistir "passivamente" à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele está convocando a militância para se reunir em São Bernardo do Campo, cidade do petista.

+ AO VIVO: Prisão de Lula

"A orientação é para que toda militância vá a São Bernardo. Não vamos assistir passivamente, haverá resistência democrática", disse.

Boulos interrompeu uma caravana pelo Nordeste e voltou a São Paulo nesta quinta-feira, depois de o Supremo Tribunal Federal negar habeas corpus de Lula. Ele não quis comentar a possibilidade de o ex-presidente não se entregar à Polícia Federal, como tem sido aventada por alguns petistas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.