Movimentos populares e sindicalistas organizam ato pró-Lula em Mato Grosso

Manifestações contrárias ao ex-presidente estão previstas para a tarde desta quarta-feira

Fátima Lessa, O Estado de S.Paulo

24 Janeiro 2018 | 10h00

CUIABÁ - Militantes de movimentos populares e sindicalistas que apoiam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegaram cedo, às 6 horas, desta quarta-feira, 24, em frente ao prédio da Justiça Federal em Mato Grosso,  na avenida Historiador Rubens de Mendonça em Cuiabá. Eles realizam vigília em defesa do ex-presidente. "Defendemos o direito de o Lula participar do processo eleitoral em 2018" disse o presidente da Central Única dos Trabalhadores em MT (CUT/MT), João Dourado. As polícias Federal e Militar acompanham a manifestação.

+++ Entenda cada placar possível do julgamento

+++ Entenda como vai ser o julgamento de Lula no Tribunal da Lava Jato

Até o momento, não houve manifestação de movimentos contrários ao petista. A manifestação está prevista para mais tarde,  por volta do meio-dia, no cruzamento de duas avenidas centrais. No fim da tarde de terça-feira, 23, eles realizaram um buzinaço  em favor da condenação de Lula.  Vestindo verde e amarelo com apitos e cartazes, eles se postaram numa das avenidas mais movimentadas da cidade  convidando motoristas que passavam no local a buzinar caso fossem a favor da condenação imposta pelo juiz Sérgio a Lula.

+++ Sindicalistas fazem ato pró-Lula em Salvador

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.