Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Movimentos de esquerda organizam manifestações contra Bolsonaro nesta sexta-feira

Atos são organizados pela Central de Movimentos Populares (CMP) e pela União Nacional por Moradia Popular (UNMP)

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de julho de 2020 | 14h11

Organizações de esquerda ligadas aos movimentos sociais organizam ações em 20 estados nesta sexta-feira do país contra o presidente Jair Bolsonaro. Os atos são organizados pela Central de Movimentos Populares (CMP) e pela União Nacional por Moradia Popular (UNMP) e ocorrerão em casas, comunidades, associações, conjuntos populares,  ocupações, favelas e bairros das periferias. A ideia dos organizadores é protestar em pequenos grupos respeitando as regras de isolamento social, com cartazes e apitos, simultaneamente. Além do mote Fora Bolsonaro, as manifestações também irão reivindicar direitos, como moradia, saúde, renda, alimentação, água e esgoto tratado.

As atividades compõem a “Jornada Nacional pelo Fora Bolsonaro”, nos dias 10 e 11 de julho, promovida por diversas frentes e, partidos políticos que são signatárias de pedidos de impeachment do presidente da República.

A estimativa é que somente a CMP e UNMP promovam aproximadamente 80 ações, todas às 17 horas desta sexta-feira. Com a nova forma de protesto, as pessoas não se deslocam para um único local, uma praça ou avenida, mas se reúnem no próprio bairro, em pequenos grupos e ao mesmo tempo. Outras entidade como a UNE, UBES e sindicatos também estão em campanha pelo impeachment.

Tudo o que sabemos sobre:
Jair Bolsonaroprotesto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.