Movimentos confirmam ato pró-impeachment no dia 31 de julho

Após grupo NasRuas anunciar mudança na data do protesto, Vem Pra Rua diz que calendário inicial está mantido

O Estado de S.Paulo

23 de julho de 2016 | 22h17

O grupo Vem Pra Rua afirmou neste sábado, 23, que a data do ato a favor do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff será mantida – a manifestação está marcada para o dia 31 de julho. A nota que confirma o protesto para o dia 31 é assinada pelo Vem Pra Rua, Acorda Brasil, Avança Brasil, Brasil Melhor e Aliança Nacional dos Movimentos Democráticos.

Neste sábado, outro movimento, o NasRuas, havia anunciado a alteração da data da manifestação do dia 31 de julho para 21 de agosto.

Segundo o Vem Pra Rua, além da defesa do afastamento de Dilma, o ato terá como bandeiras a renovação do sistema político, o fim do foro privilegiado e o apoio à Operação Lava Jato.

Por meio de uma rede social, o NasRuas negou que haja uma “disputa” entre os movimentos pró-impeachment. “Haverá a manifestação dia 31 de julho, onde somente o Vem Pra Rua colocará carro na Paulista e os demais movimentos estarão apoiando, inclusive o NasRuas, que estará em Brasília levando Petralovski (boneco inflável que remete à figura do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski)”, diz texto assinado por Carla Zambelli, fundadora do grupo. “O NasRuas estará com carro no domingo que antecede a votação (do impeachment no Senado) - 21/8”, informa o texto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.