Movimento espalha cartazes ‘Fora Dilma’ em Florianópolis

Coordenador estadual do Movimento Brasil Livre, Alexandre Paiva, afirma que o objetivo é "exigir o fim do governo petista"

Aline Torres, Especial para O Estado

15 de agosto de 2015 | 19h53

FLORIANÓPOLIS - O principal agitador político contra a presidente Dilma Rousseff em Santa Catarina é o Movimento Brasil Livre. As articulações do grupo, através das redes sociais, para organizar os protestos do próximo domingo começaram no dia 20 de junho. 

Em Florianópolis, a concentração sairá às 15h do Trapiche da Avenida Beira-Mar Norte e seguirá até o prédio da Justiça Federal, na mesma avenida. 

A maioria dos partidos políticos não se pronunciou, mas o PSB estadual produziu vídeos em apoio ao protesto. Paulo Bornhausen, ex-deputado federal, é uma das vozes que instiga a mobilização.

Na capital, cartazes de "Fora Dilma, Vem pra Rua", foram colados em diversos pontos turísticos, como a Lagoa da Conceição, o Morro da Cruz e o centro histórico.  O coordenador estadual do Movimento Brasil Livre, Alexandre Paiva, afirma que o objetivo é "exigir o fim do governo petista".

Manifestações. Toque nos itens para detalhes. Reduza o zoom para ver eventos em outros países

Tudo o que sabemos sobre:
manifestaçõesDilmaFlorianópolis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.