Ernesto Rodrigues/Estadão
Ernesto Rodrigues/Estadão

Mourão: ‘Temos que continuar com a política de isolamento’

Vice-presidente defende medida para achatar a curva da propagação do novo coronavírus

Por Marlla Sabino, O Estado de S.Paulo

02 de abril de 2020 | 17h24

BRASÍLIA – O vice-presidente, Hamilton Mourão, defendeu nesta quinta-feira, 3, a manutenção da política de isolamento social para achatar a curva da propagação do novo coronavírus em abril, quando deve acontecer o pico da pandemia no Brasil. 

“Ainda estamos naquele momento pré-pico. A avaliação é que nós temos que continuar com a política de isolamento, no sentido de atravessarmos esse abril, quando se espera que pico da doença comece a ocorrer a partir do dia 20, 25. [...]De modo que nosso sistema de saúde e, principalmente, a chegada de insumos que estão sendo comprados, permita que a gente supere esse momento”, afirmou em entrevista ao vivo transmitida pelo BTG pactual.

Sobre as medidas econômicas de apoio à população, o vice-presidente afirmou que há um limite financeiro que pode ser gasto pela União. Questionado sobre a postura do Congresso Nacional, Mourão afirmou que é necessário ter cuidado para que não haja desperdícios e que os gastos sejam, efetivamente, para combate ao coronavírus e seus efeitos.

Tudo o que sabemos sobre:
Antonio Hamilton Mourãocoronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.