Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Mourão diz que ataques de Olavo a militares são 'totalmente sem nexo'

Vice-presidente sugeriu que ignorar as críticas do escritor é a melhor opção

Mariana Haubert, O Estado de S.Paulo

06 de maio de 2019 | 17h30

BRASÍLIA - O vice-presidente Hamilton Mourão reagiu novamente aos ataques do escritor Olavo de Carvalho e seus seguidores contra a cúpula militar do governo de Jair Bolsonaro. No fim de semana, o guru bolsonarista criticou o ministro da Secretaria de Governo, general Carlos Alberto dos Santos Cruz. Para Mourão, as críticas são "totalmente sem nexo" e ignorá-las "será melhor para todo mundo". 

Por meio de seu Twitter, Carvalho acusou Santos Cruz de defender a regulação governamental das redes sociais. "Controlar a internet, Santos Cruz? Controlar a sua boca, seu merda", tuitou Olavo no domingo, 5. Mourão deu as declarações ao chegar nesta tarde ao Palácio do Planalto.

Mais cedo, o ex-comandante do Exército Brasileiro, general Eduardo Villas Bôas, entrou na discussão e, pelo Twitter, afirmou que Carvalho "a partir do seu vazio existencial derrama seus ataques aos militares e às FFAA demonstrando total falta de princípios básicos de educação, de respeito e de um mínimo de humildade e modéstia". 

"Verdadeiro Trótski de direita, não compreende que substituindo uma ideologia pela outra não contribui para a elaboração de uma base de pensamento que promova soluções concretas para os problemas brasileiros", afirmou Villas Bôas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.