Motorista de presidente do TRE-SE corre risco de morte, diz SSP

O cabo da PM foi atingido na cabeça e permanece internado em estado grave; Luis Mendonça passa bem, segundo a Secretaria de Segurança Pública

Julia Baptista e Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

18 de agosto de 2010 | 11h30

SÃO PAULO - O motorista do presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), cabo da PM Jailton Pereira Batista, de 41 anos, continua internado em estado grave, com risco de morte, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP).

 

O cabo estava no carro junto com o presidente do TRE, Luis Mendonça, quando sofreram um atentado, na manhã desta quarta-feira, 18, na Avenida Beira-Mar, em Aracaju. Quatro homens encapuzados e armados com pistola e uma escopeta calibre 12 dispararam contra o veículo.

 

Segundo a SSP, Jailton, que foi atingido na cabeça, foi encaminhado para o Hospital de Urgência para uma cirurgia e transferido para um hospital particular, a Clínica Renascença, onde passa por uma tomografia.

 

O presidente do TRE ficou ferido de raspão pelos estilhaços e foi encaminhado para o Hospital São Lucas, em Aracaju, onde passa bem, de acordo com a SSP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.