Motorista de presidente do TRE de Sergipe passa por 6h de cirurgia

PM levou tiro na cabeça em atentado contra ministro Luis Mendonça; estado de saúde é grave

Pedro da Rocha, da Central de Notícias,

18 de agosto de 2010 | 22h33

SÃO PAULO- O PM Jailton Pereira Batista, motorista baleado no atentado ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), Luis Mendonça, passou na tarde desta quarta-feira, 18,  por cirurgia de seis horas no Hospital de Urgência de Sergipe, e continua internado em estado grave.

 

Veja também:

linkTSE cancela sessão por causa de atentado em Sergipe

 

Segundo boletim médico divulgado ao término da operação, Pereira está sendo mantido em coma induzido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

 

Luis Mendonça sofreu um atentado por volta das 8h50 desta quarta na Avenida Beira-Mar, em Aracaju. De acordo com a Polícia Militar (PM), quatro homens encapuzados e armados com pistolas e uma escopeta calibre 12, que estavam em um carro, dispararam contra o veículo em que estava Mendonça.

 

Em nota, o Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ-SE) informou que Mendonça foi atingido apenas por fragmentos de projéteis. O motorista foi atingido na cabeça.

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
ministroTRESergipemotoristaatentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.