Morte de Ruy Mesquita é destaque na mídia internacional

O falecimento do jornalista Ruy Mesquita, diretor de O Estado de S. Paulo, na noite de terça-feira, 21, repercute na imprensa de Portugal e da Espanha. Em Lisboa, a emissora de televisão "TVI" informou sobre a morte do jornalista que comandava "o mais antigo jornal da cidade de São Paulo e um dos maiores do Brasil". Também em Portugal, o Jornal de Notícias publicou reportagem em que cita a reação das autoridades brasileiras, como a presidente Dilma Rousseff.

FERNANDO NAKAGAWA, CORRESPONDENTE, Agência Estado

22 de maio de 2013 | 09h05

Na Espanha, o jornal ABC publicou reportagem em que lembra que o jornalista liderou a criação do inovador Jornal da Tarde e que, como repórter, Ruy Mesquita foi o responsável pela histórica cobertura dos primeiros meses do governo de Fidel Castro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.