Morte de Brizola adia votação do mínimo na Câmara

O ministro das Comunicações, Eunício Oliveira, informouque está suspensa a sessão do plenário desta terça-feira, na qual seria votada amedida provisória do salário mínimo. Segundo Eunício Oliveira, a sessãoserá em homenagem ao ex-governador e presidente nacional do PDT Leonel Brizola, morto por problemas respiratórios nesta segunda-feira. O ministro comentou que, antes da notícia da morte de Brizola, todos noPT estavam confiantes em um resultado positivo na votação esperavam até um resultado melhor do que na primeira votação feitapelos deputados, quando o governo aprovou por mais de 100 votos devantagem a MP que fixava o valor do mínimo em R$ 260,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.